Dos “Independentes de modo vário” à necessidade de uma liderança coletiva e visão estratégica partilhada

Existem artigos de opinião que são estruturantes na vida do CpC. Depois de “Independentes de modo vário”, de José Manuel Pureza, publicado pela revista Visão em 10/08/2017, surge agora o texto de Serafim Duarte publicado hoje, 11/09/2017, no Diário “As Beiras”.O que mais falta em Coimbra para a valorizar, “…uma visão estratégica, capaz de federar sinergias e vontades, potenciadora dos [seus] pontos fortes: juventude qualificada, potencial inovador e criativo, investigação científica e tecnologia de ponta, centralidade geográfica, dinâmicas de trabalho colaborativo em rede e de agregação regional, sem sobranceria.” Um texto a não perder e que se reproduz aqui, na íntegra.

Texto_Serafim_11_9

Anúncios

One comment

  • Uma visão sucinta e certeira do historial e objectivos dos CpC. Simultaneamente, aponta para a estratégia a seguir para “fazer o que ainda não foi feito”. E em Coimbra bem sabemos que não é pouco! Começa por inverter a abstenção dos descrentes da política, gerados em grande parte pela actuação (ou inércia) da alternância PS/PSD+CDS e passa por um combate a um modo “bissexto” de entender a democracia, através da mobilização e fomento da participação cidadã que os CpC sempre têm promovido. Será em torno das propostas do programa dos CpC – espelho do trabalho colaborativo de muitos – que se constatará porque vai voltar a valer a pena votar com gosto! Afinal, todos contam!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s