“Existe uma profunda decepção na cidade”, entrevista com Jorge Gouveia Monteiro

Entrevista publicada no Jornal de Notícias a 24 de Julho de 2017.
Texto de João Pedro Campos e Foto Fernando Fontes.

20258192_970066403136323_6738914932606785849_n

Anúncios

2 comentários

  • Eis os traços de uma campanha de denúncia do que não foi feito ou do que foi mal feito, mas também uma campanha de propostas, pela positiva. Por exemplo, na necessidade de uma adequada reabilitação urbana e de uma outra relação entre os cidadãos e o rio. Uma cidade com respostas criativas para problemas que se arrastam e também para problemas novos (e.g., uma cidade com turismo sustentável). Porque “Coimbra é a nossa causa! É urgente elevar Coimbra a um nível de ambição que, nas últimas décadas, não foi atingido. É esse o nosso compromisso.” Foi-o em 2013. Continua a sê-lo em 2017!

  • A verdade é que infelizmente o povo vai votar novamente no mesmo fantoxe que está no poder, enquanto Coimbra cai na Ruina, cidade centrada em serviços, jovens só os da Universidade e a trabalhar em shoppings, casas cada vez mais velhas e a cair… Coimbra é a cidade que desde 90 pouco ou nada evoluiu, abriram centros comerciais que destruiram o comércio, construiram-se coisas melomanas. Tanto potencial, a começar em aproveitar o Rio como outras cidades o fazem. Mas não, ficaremos conhecidos como a capital da Saudade, onde tudo está igual.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s