“Do CpC, às gentes que habitam o município de Coimbra”, artigo de opinião de Joaquim Feio

Artigo de opinião de Joaquim Feio, Primeiro Proponente das listas candidatas pelo CpC à Câmara e Assembleia Municipais de Coimbra, publicado originalmente no jornal As Beiras de 12-07-2017.

Há quatro anos um movimento cívico, Cidadãos por Coimbra, apresentou-se aos munícipes com uma proposta e propósitos muito claros: contribuir com a sua participação para ultrapassar a “fadiga” democrática que resultava de tantas vezes a cidadania não perceber porque é que parecia terem deixado de existir alternativas. Porque é que o voto parecia inútil.


Esse movimento, Cidadãos por Coimbra (ou CpC) pedia transparência e exigência. E respeito pela vontade de Futuro que só políticas capazes de tornarem mais eficaz o autogoverno municipal concretizassem.


Cidadãs e cidadãos com ou sem partido mobilizaram-se por uma melhor representação nos diferentes órgãos autárquicos, e intervieram empenhadamente ao longo dos últimos quatro anos: acompanhando o trabalho dos eleitos pelo movimento, debatendo e suscitando debates sobre ingentes questões municipais: pensando no Presente o que possibilita um Futuro condigno.


Todos por todos e para todos: um movimento de pessoas livres e determinadas em aprofundar a democracia com uma atitude responsável, ponderada e isenta.


Como movimento cívico, acreditámos contribuir para o melhoramento do nosso sistema democrático, para que aumentasse a credibilidade da Política, para que diminuísse a indiferença cívica e, por extensão, o comportamento abstencionista.


Hoje, quatro anos depois, cabe de novo ao eleitorado do município avaliar o percurso que foi feito. E, obviamente, também escolher uma de várias propostas. A nossa, articulada em 12 ideias-chave, que serão apresentadas ao longo da próxima campanha eleitoral, visa numa fórmula simples – Mais Cidadania, uma Coimbra Melhor – continuar um trabalho político dedicado e profícuo.


Como há quatro anos, contem connosco, mulheres e homens livres e dispostos a lutar pelos interesses gerais, e pelo reforço de uma cidadania capaz de redesenhar um autogoverno municipal à altura das circunstâncias do nosso tempo.


Como há quatro anos estamos presentes e conscientes de que todos temos de contar, de que não há soluções simples para problemas complexos: mas que há vozes, logo votos, para que a coisa pública mude para melhor e à medida dos nossos saberes e do nosso querer colectivo.


Isso é Democracia. Isso é República: nos nossos sonhos, nos nossos feitos…


Joaquim Feio
Primeiro proponente das listas candidatas à Câmara e Assembleia Municipais de Coimbra pelo movimento Cidadãos por Coimbra

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s