As cheias, o Parque Verde e 0 Convento de Santa Clara – obras que tardam em começar – a notícia do “Público”

Os estabelecimentos do Parque Verde e o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha mantêm presentes as sequelas das cheias de há um ano. Por duas vezes, em Janeiro e Fevereiro de 2016, as águas invadiram os edifícios, dando origem às imagens que ilustraram as notícias sobre as ocorrências.

[…]

Em relação ao Parque Verde, o futuro é mais incerto. Depois de retirar o alvará aos empresários que geriam o complexo, o presidente da câmara, Manuel Machado, revelou que a autarquia estava em contacto com o gabinete do arquitecto Camilo Cortesão, autor do projecto do Parque Verde, para arranjar uma solução técnica para lidar com as constantes inundações.

[…]

Numa das reuniões do executivo em que o assunto foi discutido, o vereador eleito pelo movimento Cidadãos por Coimbra, José Augusto Ferreira da Silva, disse que o facto de a câmara estar a estudar a intervenção naquele espaço “acabava por ser um reconhecimento” que os equipamentos do Parque Verde não tinha condições para funcionar normalmente quando as águas subiam.

 

Leia  aqui o artigo completo

 

Para saber mais e conhecer as posições do CPC sobre este assunto, pode  ver este video

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s