Assembleia Participativa de Almalaguês vota o primeiro Orçamento Participativo (OP)

ap1

Sábado, dia 5 de novembro, entre as 21 h e as 23.30h, na sede da Associação Cultural e Recreativa de Almalaguês, decorreu a 1ª Assembleia Participativa da freguesia, no âmbito do Orçamento Participativo, que tinha 10.000 euros para atribuir ao projeto mais votado.

Foram 3 as propostas candidatadas, aceites e apresentadas por algumas das suas proponentes:

– a 1ª, intitulada “Rede cultural das Aldeias de Almalaguês- 12 aldeias, 12 meses, 12 eventos”, proposta por um grupo de jovens que se propunha dinamizar os centros recreativos e culturais da freguesia, promovendo uma dinâmica de vizinhança mais ativa e uma participação jovem mais efetiva. A proposta foi apresentada por Inês Simões e recebeu muito apoio dos presentes.

– a 2ª, intitulada “História e memória da freguesia”, propunha a elaboração de um trabalho de tipo monográfico e etnográfico, que passasse pela participação direta da população no levantamento, registo e mostra dos traços do passado que modelaram as características tão distintas desta freguesia no todo do seu Concelho. A proposta foi apresentada por Graça Simões.

– a 3ª, com a designação “O nosso património: preservar a tecelagem de Almalaguês”, proposta pela Associação Herança do Passado e apresentada por Emília Pereira, propõe-se certificar finalmente a tecelagem manual de Almalaguês, a par com um investimento na formação e na divulgação deste património tão distintivo e valioso, que ainda se encontra um pouco por toda a freguesia.

A afluência foi escassa – não chegou às 40 pessoas – mas foi claramente um exercício exemplar de participação cidadã, que se espera deixe fermento para os anos seguintes. Para a representante do CPC (movimento Cidadãos Por Coimbra) na Assembleia de Freguesia, Celeste Lameira, que já no ano anterior tinha avançado com a proposta de Orçamento Participativo, esta pouca afluência não diminui a iniciativa, porque a divulgação também não foi a mais eficaz, sendo sempre difícil numa freguesia tão extensa e dispersa.

A proposta mais votada foi a 3ª, de preservação da tecelagem, mas também as outras duas foram consideradas importantes e a manter em agenda para o próximo ano, garantido que foi pelo Secretário da Junta de Freguesia, coordenador do processo e da comissão técnica, ser uma iniciativa a que darão continuidade.

ap-almalagues

Na fotografia, da esquerda para a direita,  Bruno Fonseca, Secretário da Junta e Coordenador da Comissão Técnica, Telma Reis, Presidente da Assembleia de Freguesia, António Coelho, Presidente da Junta de Freguesia, Graça Simões, Inês Simões e Emília Pereira, coautoras e apresentadoras das propostas de OP.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s