Centro paroquial e social de S. Silvestre: a energia das populações face à burocracia das instituições

DSCF1919

 

Uma delegação do CPC, o seu grupo “Viver bem em Coimbra” e o vereador e coordenador do CPC, José Augusto Ferreira da Silva estiveram hoje em S. Silvestre. Fazia parte da agenda uma visita ao Centro Paroquial e Social de S. Silvestre- Centro de Dia. A história da construção desta instituição é bem longa, cerca de 30 anos, e sem fim à vista.

De um lado a energia das populações e nos últimos anos do seu pároco, Padre Lucas, do outro o imobilismo e a burocracia das instituições que deveriam acarinhar e impulsionar uma obra que constituirá uma mais valia para a freguesia e uma fonte de bem-estar para quarenta idosos que poderão utilizar este centro de dia.  A casa, fruto da tenacidade e sentido de serviço público do seu pároco e da generosidade da população, está praticamente concluída. A cozinha está equipada, os pratos e os copos já estão nos armários, as cadeiras aguardam quem nelas se sente. Mas a toda a hora esbarram com mais uma dificuldade, mais um papel em falta, mais uma exigência mesmo que sem sentido.  E mais uma vez se vê a Camara Municipal de Coimbra a ser de pouco proveito, quando não a constituir entrave a que a obra se acabe.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s