Reunião do executivo camarário de 11/07/16- prestação de contas

Na reunião do executivo de ontem, 11 de Julho, o vereador do CPC, José Augusto Ferreira da Silva, absteve-se na votação dos termos do  concurso para a fiscalização das obras de desassoreamento do Mondego por julgar que se trata “de um valor excessivo” que significa “cerca de 10 % do valor da obra”. Assim o noticia o “Beiras” de hoje.notícia beiras

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s