José António Bandeirinha: “Profunda gratidão à IP”

Texto de opinião de José António Bandeirinha, arquitecto e deputado municipal do CPC, publicado no Diário As Beiras de dia 17 de Agosto.

 

Enquanto cidadão de Coimbra (o que não significa necessariamente sê-lo deste país, e muito menos desta Europa, como é bom de ver), venho publicamente expressar a minha mais profunda gratidão à IP Infraestruturas de Portugal pela sua magnânima decisão de realizar obras de manutenção em Coimbra B. Não caibo em mim de satisfação, pois temos prometida uma infraestrutura ferroviária de passageiros com o telhado arranjado, as caixilharias do primeiro andar substituídas e as paredes rebocadas e até — espantemo-nos — pintadas.

Tudo isto após a última intervenção, que correspondeu à atitude de extrema racionalidade de alinhar todo o atravessamento das linhas num só eixo, fabuloso de capacidade inventiva (agora atravessamos pelos carris fora, mas de uma só vez, podemos até ir a correr). Mais tarde, o Senhor Presidente da Câmara de Coimbra complementou as obras de beneficiação e construiu uma magnífica rampa de acesso aos táxis. Estamos finalmente perto de ter em Coimbra B uma infraestrutura ferroviária de fazer inveja às mais civilizadas de entre as cidades europeias congéneres — e pintada!

Há decisões que são de enaltecer, que marcam para sempre uma cidade. E esta é sem dúvida uma delas!

Em Coimbra não somos ingratos, somos generosos.

Tão generosos somos que acabámos por ceder e considerar a subtracção (digo “subtracção” porque ainda não é certo que os receptadores estejam recenseados pelo Ministério Público) dos carris e das chulipas de outra nossa infraestrutura ferroviária como uma “doação”, talvez a tivéssemos mesmo considerado como a primeira doação de um imenso crowdfunding cujo objectivo final será… pintar a Estação Velha.

Ah… e já agora uma ideia fabulosa (perdoem-me a imodéstia). Podíamos colocar um imenso painel de azulejos no muro de suporte que limita a estação a nascente, com as principais atracções turísticas da cidade, assim uma coisa entre o naïf e o erudito. Ficava a matar… e as muitas pessoas que atravessam os carris poderiam sempre distrair-se a apreciar a obra de arte. Não sei, é uma ideia…

A minha próxima carta, Senhor Director, vai ser para expressar a nossa gratidão por uma outra maravilhosa benesse da IP — a entrada Sul de Coimbra pela A13. Mas isso fica para outra vez.

Por agora, fica este nosso primeiro BH (Bem Haja) para a IP.

 

Coimbra, 13 de Agosto de 2015

José António Bandeirinha

Arquitecto, Deputado Municipal

 

 

20150817 Beiras Bandeirinha opiniao

Diário As Beiras, 17 de Agosto de 2015

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s