RECORD: Gasto de 50 mil euros em torneio em Coimbra provoca indignação

Gasto de 50 mil euros em torneio em Coimbra provoca indignação
MOVIMENTO “CIDADÃOS POR COIMBRA” PEDE EXPLICAÇÕES
O movimento Cidadãos por Coimbra (CPC) pediu à autarquia a divulgação dos relatórios de execução das verbas transferidas para a Associação de Futebol de Coimbra em 2014, nomeadamente cerca de 50 mil euros aplicados num torneio de benjamins.
“Durante o ano de 2014 foi subsidiada a AFC [Associação de Futebol de Coimbra] em cerca de 260.000 euros sem que, até ao momento, a entidade financiadora, a Câmara Municipal de Coimbra, saiba, com rigor e com base em elementos fidedignos, qual o destino dado a tais quantias e, em particular, se foram ou não respeitadas as condições protocoladas”, refere o vereador José Augusto Ferreira da Silva, eleito pelo CPC, no requerimento entregue ao município a 10 de julho.

Ao todo, foram aplicados 160 mil euros num contrato-programa de desenvolvimento desportivo, 52 mil euros num torneio de benjamins e 49 mil euros noutro torneio de futebol dos escalões jovens, sendo que o pedido dos relatórios de controlo e fiscalização já tinha sido feito em fevereiro, mas, até à data, nada foi entregue, disse à agência Lusa o vereador dos Cidadãos por Coimbra (CPC).

“Queremos perceber como se pode gastar 50 mil euros para organizar um torneio de futebol de crianças”, sublinhou, realçando a necessidade de se saber “como foi aplicado o dinheiro, se foi bem aplicado e os fins a que se destinava”.

Para José Augusto Ferreira da Silva, a conduta “é tão mais criticável”, quando para as entidades culturais, recreativas e desportivas “há todo um processo rigoroso de controlo”, considerando que “há uma diferença de tratamento” junto da AFC.

“A bem do rigor e da transparência, a Câmara tem de apresentar os relatórios”, defendeu, salientando que “está em causa uma omissão grave do dever de informação”.

Questionada pela Lusa, a Câmara de Coimbra apenas informou que o pedido apresentado pelo CPC em fevereiro foi deferido “de imediato” e que, “entretanto, a Associação de Futebol de Coimbra elaborou o relatório sobre o assunto, que está a ser analisado pelos serviços municipais”.

O presidente da AFC, Horácio Antunes, afirmou que o relatório “foi entregue à Câmara de Coimbra há mais de dois meses” e nele são explicadas “todas as atividades feitas e a aplicação das verbas recebidas”.

Segundo Horácio Antunes, as verbas foram “transitadas” para os clubes que participaram nos torneios, sublinhando que a AFC “não ficou nem com um tostão”.

“Todo o dinheiro transitou diretamente para os clubes participantes”, frisou, referindo que “cada jogo de um torneio custa algumas centenas de euros”.

 

 

Texto publicado aqui.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s