nós cá estamos a insistir numa cidade melhor, mais feliz e mais dinâmica

[Texto da intervenção de Leonor Barata nas Jornadas Autárquicas do CPC realizadas no dia 25 de Outubro.]

 

Faz agora um ano que fomos eleitos e tomámos posse na Câmara e Assembleia Municipal de Coimbra.

Desde sempre mostrámos que estamos em Coimbra por Coimbra e para contribuirmos com voz activa no seu desenvolvimento, sem nenhuma agenda escondida ou interesses paralelos que não fosse esse, tão bem enunciado na nossa campanha, Coimbra é a nossa causa.

Durante este ano foram inúmeras as intervenções que fizemos na Câmara e na Assembleia. Foram inúmeras as chamadas de atenção para os problemas da cidade que é nossa e inúmeras propostas apresentadas.

Não farei aqui a listagem exaustiva de todas elas.

Gostava de relembrar apenas que durante este ano não ficámos fechados nas instituições nem barricados na praça de município mas convidámos as forças vivas da cidade para diversos eventos de reflexão e de discussão sobre a cidade que temos e a cidade que queremos ter e quais os caminhos para a alcançar.

De todos esses momentos com Coimbra à escuta destaco o grande debate público sobre Coimbra 2030, que pretende responder a questão: que Coimbra queremos em 2030, cientes do facto que a dinâmica de uma cidade e o seu crescimento não se promovem com iniciativas dispersas e avulsas de acordo com a vontade individual. As cidades pensam-se e pensam e programam-se e nesse pensamento devem integrar as suas diversas áreas (não falo só de geografia), numa estratégia com os seus habitantes e não apesar deles.

Ora o que hoje temos é uma cidade governada pela vontade do seu presidente, que como bem sabemos, tem alguns problemas com a ideia democrática de exercicio de poder e de ser confrontado com a oposição que também tem os seus direitos.

É a sua forma de trabalhar, dir-me-ão. Sim. Uma forma de trabalhar que pouco dignifica o poder autárquico e que considera que pode arrastar decisões judiciais (como no caso dos jardins de mondego) ou apressá-las à medida da sua vontade.

A forma de trabalhar da nossa câmara, depende do humor do seu presidente, que decide a construção de rotundas, o corte das árvores porque fica bem e quando não decide nada ou decide mal é porque o governo central assim o exige.

A verdade é que, como dizia o Arq. Bandeirinha, numa intervenção na A.M, Coimbra não aguenta mais .

Não aguenta mais tanto projecto parado ou adiado ad eternum e tanta fuga para a frente com grandes obras não pensadas, não estruturada surgidas por ímpeto e por impulso, como o Terreiro da Erva ou esta miraculosa linha do eléctrico que trará os turistas até ao exploratório através da ponte.

Coimbra não aguenta mais mas precisa de mais:

Precisa do metro, do qual fizemos bandeira (mas não única) por sabermos da sua necessidade vital e estratégica para a cidade e para os conselhos vizinhos.

Precisa da baixa, viva, habitada, orgulhosa de ser o centro.

Uma baixa tão mal tratada à custa de tantas decisões erradas que afastaram as pessoas da baixa e a tornaram num deserto.

E não adianta atirar as culpas para o governo central, que tem muitas culpas, mas que precisa de confronto e oposição por parte da autarquia.

Precisa do Iparque, e é urgente que se definam estratégias e se tomem decisões, para que as empresas encontrem em Coimbra respostas e não problemas.

E por último, Coimbra precisa do Convento de São Francisco, mais uma grande obra adiada, agora até ao final de 2015.

Precisa de perceber oque se passa no convento e que este, quando for inaugurado sirva de facto o seu propósito e não se torne num enorme elefante branco.

É assim o estado da nossa cidade.

E um ano depois somos confrontados com a realidade de uma politica autárquica sem rasgo nem audácia. Repetem-se as mesmas formas de outros tempos.

Mas nós cá estamos a insistir numa cidade melhor, mais feliz e mais dinâmica. Cá estamos na Câmara, na Assembleia e na rua a fazer aquilo que somos e para o qual fomos eleitos.

 

 

Leonor Barata

Outubro 2014

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s