As razões porque o CPC votou contra

CINCO RAZÕES: redução da verba para a requalificação urbana; baixa no orçamento para a cultura; ausência de investimento no melhoramento da limpeza da cidade; nenhuma palavra sobre o emprego e a manutenção da conflitualidade no relacionamento com as juntas de freguesia. E mais, não é um orçamento de rigor e transparência, “volta a praga dos 10 euros…”

José Augusto Ferreira da Silva indica as razões que levaram o CPC a votar contra o Orçamento de 2015, no debate “Câmara Aberta” da Coimbra Tv / Diário As Beiras, a partir do minuto 15.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s