Metro: Presidente do CHUC “chumba” petição

A recolha de assinaturas, junto à entrada dos ex-HUC, para uma petição em prol do Sistema de Mobilidade do Mondego, foi inviabilizada pelo presidente do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra (CHUC), revelou, hoje, o vereador José Augusto Ferreira da Silva.

Ao lamentar o episódio, o autarca disse que José Martins Nunes tem “responsabilidades públicas, sociais e políticas” incompatíveis com a atitude de indeferimento da pretensão do movimento Cidadãos por Coimbra (CpC).

O movimento lançou, há mês e meio, uma petição pública a reclamar a urgente tomada de medidas para assegurar a concretização do projecto de Metro de superfície concebido para ligar Coimbra a Serpins, cujas obras se encontram suspensas (Instalação do metropolitano ligeiro de superfície em Coimbra e na ligação com os concelhos de Miranda do Corvo e Lousã).

“A falta de concretização da instalação do Metropolitano ligeiro de superfície em Coimbra e na ligação entre a cidade e os concelhos de Miranda do Corvo e da Lousã tornou-se, há muito, um caso de escola de descredibilização da política”, assinala o abaixo-assinado.

Transcrito do Campeão das Províncias, a que anexamos o Pedido de autorização para recolha de assinaturas (formato pdf)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s