Os esqueletos da Câmara

Graças à intervenção do vereador José Augusto Ferreira da Silva, do movimento Cidadãos por Coimbra (CpC), a edilidade acabou por decidir enveredar pela via negocial, pois o jurista fez notar que a sentença ainda não tem carácter definitivo.

Rui Avelar no Campeão das Províncias.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s