Cidade sem muros nem ameias

Cidade sem muros nem ameias, gente igual por dentro, gente igual por fora…” foi uma das mais belas mensagens que Zeca Afonso nos legou na sua Utopia.

Foi este legado que um grupo de cidadãos procurou fazer renascer em Coimbra, unindo gente sem partido, gente de partidos, afinal, cidadãos de corpo inteiro que a única coisa que queriam e continuam a querer é fazer de Coimbra uma cidade plural, moderna e cosmopolita, em que seja bom viver e trabalhar e de que ninguém seja excluído.

Há sempre, porém, quem, zelosamente, guarde os muros da cidade, com medo da contaminação, com medo da liberdade…

Por isso, foi com mágoa que soubemos da expulsão do Partido Socialista de três camaradas, o Pedro Bingre do Amaral, o Elísio Estanque, o Júlio Ramos que participaram nas listas dos Cidadãos Por Coimbra. Três camaradas de entre os muitos que apoiaram e militaram no Movimento.

A todos deixo o meu abraço solidário.

José Augusto Ferreira da Silva

(Intervenção na Sessão da Câmara Municipal de Coimbra de 21 de Julho de 2014)
Anúncios

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s