“É inadmissível”

Imagem

A proposta polémica mereceu do vereador independente, José Augusto Ferreira da Silva, uma declaração de voto, considerando a decisão “inadmissível”, porque “nada justifica que tais contratos não venham à câmara”. Numa declaração para a ata, que também foi subscrita pelo quatro vereadores do PSD, ficou registado que “esta atitude viola de forma flagrante os princípios da transparência, rigor e um efetivo controlo de fiscalização”

“Presidente da câmara já pode contratar serviços até 75 mil euros”
Diário As Beiras, 11 de Março de 2014

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s