Sete mulheres lideram listas para as freguesias

Sete mulheres lideram as candidaturas a outras tantas freguesias do concelho de Coimbra, nas listas do Movimento Cidadãos Por Coimbra, às eleições autárquicas de 29 de setembro. Celeste Lameira, Maria Helena Dias Loureiro, Maria dos Prazeres Francisco, Sílvia Ferreira, Luisa Bebiano Correia, Madalena Relvão e Cátia Carvalho são os rostos dessas candidaturas e líderes das respetivas equipas apresentadas na noite de segunda-feira, numa sessão realizada no bairro Norton de Matos.

Imagem

Lutar pela mudança, “porque não podemos continuar na loucura de votar sempre nos mesmos e esperar que os resultados sejam diferentes”, como sublinhou Cátia Carvalho, parafraseando Einstein, foi a frase que mais se ouviu entre os candidatos e as cerca de duas centenas de pessoas que assistiram à sessão, que serviu, ainda, para lançamento do Jornal do Cidadão.

José Augusto Ferreira da Silva, líder da lista que concorre à câmara, garantiu, por seu lado, que a cidade e o concelho podem esperar de si e do movimento independente Cidadãos por Coimbra a defesa intransigente dos reais e superiores interesses do município. Porque, sustentou, “nós somos diferentes porque, desde logo, não estamos ligados às más decisões e impasses do passado e, por outro lado, não é a ambição política que nos move, porque todos os nossos candidatos são publicamente conhecidos e reconhecidos pelas suas qualidades profissionais”.

A defesa de uma gestão municipal transparente e o anúncio da criação do pelouro municipal da participação cidadã foram outras ideias avançadas pelo candidato à câmara, que não deixou, ainda, de sublinhar o facto de o movimento que lidera ter sido a primeira candidatura a apresentar publicamente as respetivas listas, “porque as nossas escolhas não foram feitas em função de quaisquer negociações para os lugares nem com base numa qualquer gestão de expetativas pessoais”.

Neste contexto, José Augusto Ferreira da Silva classificou como uma “grande vitória” as quase cinco mil assinaturas que permitiram a formalização do Movimento a semana passada, no Tribunal da comarca, ao mesmo tempo que realçou o facto de a candidatura estar a conseguir um crescente apoio, que é visível de dia para dia. As candidaturas às freguesias de Almalaguês; União das freguesias de Coimbra (Almedina, Santa Cruz, Sé Nova e São Bartolomeu); Eiras e São Paulo de Frades; Santa Clara e Castelo Viegas; Santo António dos Olivais; São Martinho do Bispo e Ribeira de Frades; Trouxemil e Torre de Vilela representam na opinião do cabeça de lista à câmara a implantação do Movimento no terreno, mostrando, assim, que é grande a sua representatividade e ligação intíma às múltiplas realidades do concelho.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s